webinar-utfpl16

Seminário Online: Visão Contemporânea do Treinador

Seminário Online: Visão Contemporânea do Treinador

Com Juan Carlos Osorio, Richard Paez, Rui Vitória e Pedro Caixinha. Moderado por Pedro Fatela!

Promovido pela União dos Treinadores de Futebol dos Países Lusófonos e Asociasión Latinoamericana de Entrenadores de Futbol.

fifa

FIFA reconhece treinadores

REGULAMENTO DO ESTATUTO E TRANSFERÊNCIA DE JOGADORES DA FIFA RECONHECE EXPRESSAMENTE OS TREINADORES DE FUTEBOL / FUTSAL.

No passado mês de janeiro de 2021, entrou em vigor a versão de 2021 do Regulamento do Estatuto e Transferência de Jogadores (Regulations on the Status and Transfer of Players – RSTP), da FIFA, aprovada pelo FIFA Council, em dezembro de 2020.

Reconhecendo expressamente a figura do “treinador” e a importância do mesmo no fenómeno desportivo, a FIFA passou a adiantar, pela primeira vez, no seu RSTP, uma definição do que é um “treinador”, sendo então definido como “alguém que desempenha funções relacionadas com o treino e seleção de jogadores de futebol, bem como funções relacionadas com os aspectos táticos do jogo“.

Neste sentido, com o principal objetivo de colmatar um vácuo legal que ensombrava a relação de trabalho do treinador de futebol / futsal, numa dimensão internacional, a FIFA introduziu mudanças regulamentares relevantes no RSTP, focando-se, essencialmente, em dois grandes objetivos:

1.º Facultar aos treinadores de futebol / futsal um quadro regulamentar mínimo que confira um maior grau de segurança jurídica aos treinadores, nas suas relações de trabalho que estabeleça com um clube ou federação; e

2.º Facilitar o trabalho dos órgãos de jurisdição da FIFA nos processos em que estejam em causa disputas laborais envolvendo treinadores.

Quanto ao escopo das novas regras introduzidas pela FIFA, as mesmas apenas se aplicam às relações de trabalho que tenham uma dimensão internacional, focando-se, essencialmente, no seguinte:

  • Na clareza na redação dos contratos de trabalho: os contratos devem incluir elementos essenciais mínimos, como os direitos e as obrigações das partes, a remuneração, o prazo de duração do contrato, etc.;
  • Na estabilidade contratual: prevê novas disposições relativas ao princípio de que o contrato deve ser cumprido, assim como disposições que espelham as já existentes para os jogadores;
  • Na questão dos vencimentos dos treinadores: os clubes e as federações devem cumprir as suas obrigações financeiras para com os treinadores nos termos estipulados nos contratos que assinam. A FIFA reconhece que o conceito de salários em atraso provou ser uma ferramenta muito eficaz para reforçar a estabilidade contratual entre clubes e jogadores. O mesmo efeito é, portanto, esperado quando se tratam de salários em atraso e devidos a treinadores;
  • Na execução de decisões monetárias: a competência do órgão decisório da FIFA para decidir sobre as consequências para qualquer clube ou jogador, caso não cumpram uma decisão monetária, também se estende a disputas envolvendo treinadores. Para melhor proteger todos os envolvidos, esta disposição fornece detalhes sobre as consequências que um clube, uma associação ou um treinador enfrentarão caso não cumpram uma decisão de um órgão decisório da FIFA que ordene o pagamento de uma determinada quantia.

Tal como os jogadores, os treinadores também são trabalhadores e, como tal, a nova versão dos RSTP visa proporcionar aos treinadores a mesma segurança jurídica e clareza que é proporcionada aos jogadores, disponibilizando uma estrutura regulatória independente que trata exclusivamente das relações de trabalho dos treinadores com clubes e federações.

As garantias e maior segurança jurídica proporcionadas aos treinadores pela última versão do Regulamento do Estatuto e Transferência do Jogador da FIFA, beneficia, de igual modo e em nosso entendimento, o futebol como um todo.

Certos que muito caminho há ainda a palmilhar, este foi um pequeno passo na direção da maior proteção do treinador de futebol e futsal.

Sérgio Araújo

Secretário Geral da UTFPL

36

A UTFPL está de parabéns!

Faz, na presente data, precisamente um ano que representantes de oito associações nacionais de treinadores de sete países lusófonos tiveram a ousadia e o atrevimento de constituir aquela que foi, e que continua a ser, a primeira associação intercontinental de treinadores de futebol do mundo.

No dia 18 de setembro de 2019, em Rio Tinto, Gondomar, Portugal, a Associação Nacional dos Treinadores de Futebol («ANTF»), Portugal; a Associação dos Treinadores de Futebol de Angola («ATEFA»), Angola; a Associação Brasileira de Treinadores de Futebol («ABTF»), Brasil; a Associação de Treinadores de Futebol de Cabo-Verde («ATFCV»), Cabo-Verde; a Associação de Treinadores de Futebol de Moçambique («ATFM»), Moçambique; a Associação Nacional dos Treinadores de Futebol da Guiné-Bissau («ANTFGB»), Guiné-Bissau; a Associação dos Treinadores da Guiné-Bissau («ATG»), Guiné-Bissau; e a Associação Nacional dos Treinadores de Futebol de S. Tomé e Príncipe («ANTFSTP»), por escritura pública, constituíram a “União dos Treinadores de Futebol dos Países Lusófonos” (UTFPL).

Desde então, estas oito associações de treinadores, reunidas em torno da UTFPL, não mais pararam, dando um exemplo que, apesar de separados por oceanos e mares, é possível a união dos treinadores de futebol e futsal lusófonos.

Efetivamente, neste primeiro ano de existência, a UTFPL, lançando mão das vantagens que a tecnologia da informação é capaz de proporcionar, entre outras iniciativas, organizou aulas online, bem como laçou a primeira ação de formação, com preletores de referência.

Acresce que, fruto do reconhecimento da importância que a nossa “União” desde muito cedo assumiu no panorama desportivo internacional, foi a mesma convidada a marcar presença, o que aconteceu, no 40.º Simpósio da Aliança Europeia das Associações dos Treinadores de Futebol (AEFCA), em Varsóvia, Polónia; na 4.ª Reunião da Confederação Lusófona de Treinadores (CLT), em Lisboa, Portugal; e no Fórum de Treinadores Latino-Americanos, organizado pela Associação de Treinadores de Futebol Latino-Americanos (ALEF).

Queriamos e sentiamo-nos capazes de mais, de muito mais, mas o cenário pandémico por COVID-19, à semelhança do que sucedeu em todas as áreas de actividade à escala global, obrigou-nos a adiar as reuniões ordinárias de Direção e da Assembleia-Geral da UTFPL, agendadas para os meses de Fevereiro, em Luanada, Angola, e de Setembro, no Rio de Janeiro, Brasil.

De igual modo, fomos compelidos a adiar a reunião que pretendemos realizar com a FIFA, o que sucederá o mais rapidamente possível, assim o permitam as condições de salubridade pública.

Mas se, por um lado, fomos forçados a adiar algumas das nossas atividades previamente agendadas, por outro, as fortes restrições impostas pela COVID-19 obrigaram-nos a reinventarmo-nos! Sem nunca baixar os braços, vimos nas dificuldades uma possibilidade de conectar, promover a união, o intercâmbio de conhecimento e experiências, mais uma vez e sempre, entre os treinadores lusófonos!

Desta feita, no dia 24 de abril, em plena crise pandémica, lançamos uma série de seminários online, com uma cadência semanal e com preletores de nível internacional, dos diferentes países lusófonos que integram a UTFPL.

O sucesso da iniciativa foi por todos notado e reconhecido, o que nos levou a prolonga-la até ao dia 31 de julho.

E como uma coisa leva a outra, desafiamos as nossas associadas a organizarem internamente idênticos seminários, desafio que foi aceite e exemplarmente desenvolvido pelas mesmas, promovendo-se assim a consciência de classe que deve existir entre os treinadores.

Podíamos ter ficado por aqui, mas não era a mesma coisa!

Resilientes e lutadores, encetamos contactos com países e regiões administrativas que, tendo o português como língua oficial, ainda não integram a “União”. Foi o caso de Macau e Timor Leste.

Temos a forte expectativa e o desejo de, muito em breve, vermos aumentado o número de associações de treinadores que integram a UTFPL.

Tudo isto apenas foi possível, e continua a ser possível, porque independentemente do cargo ou função de cada um, TODOS quanto integram os órgãos sociais da UTFPL ou que, não os integrando, como a UTFPL se relacionam, SEMPRE dizem SIM aos desafios, estando em permanente estado de prontidão para “o que der e vier”!

Como alguém disse um dia, “as associações são aquilo que quem as lidera lhes emprega e dá”!

Como Presidente da União dos Treinadores de Futebol dos Países Lusófonos é para mim motivo de grande orgulho e de enorme satisfação pessoal a resiliência e o altruísmo que o Fernando Pires (Brasil), o Zeca Amaral (Angola), o Rogério Mariani (Moçambique), o Humberto Bettencourt (Cabo Verde), o Edison Bragança Dias (São Tomé e Príncipe), o Altair Gomes (Guiné-Bissau), o Herculano Cubaba (Guiné-Bissau), o Flávio Almeida (Brasil), o Domingos Inguila (Angola), o Manuel Gomes (Prof. Neca – Portugal), o Ricardo Balbeira (Portugal) e o Sérgio Araújo (Portugal), dão à UTFPL e à sua causa: a luta pela dignificação da carreira de treinador à escala planetária.

Se em apenas um ano conseguimos tudo isto, qual será o nosso limite?

A todos o meu sincero obrigado!

José Pereira

Presidente da Direção da UTFPL

Flag-of-São-Tomé-and-Príncipe

UTFPL apoia Seminário ANTFSTP

A União dos Treinadores de Futebol dos Países Lusófonos irá transmitir, em directo, o Fórum online semanal promovido pelo seu membro Associação Nacional de Treinadores de Futebol de São Tomé e Príncipe. Este evento decorrerá com recorrência semanal, às Terças-feiras pelas 15:30 horas de Sãp Tomé (16:30 horas de Portugal), sendo transmitido em direto quer na página do Facebook da ANTFSTP quer na página de Facebook da UTFPL!

atefa

UTFPL apoia Fórum ATEFA

A União dos Treinadores de Futebol dos Países Lusófonos irá transmitir, em directo, o Fórum online semanal promovido pelo seu membro Associação de Treinadores de Futebol de Angola. Este evento decorrerá com recorrência semanal, às quartas-feiras pelas 21 horas de Luanda (21 horas de Portugal), sendo transmitido em direto quer na página do Facebook da ATEFA quer na página de Facebook da UTFPL!

cabo-verde

UTFPL apoia Fórum ATFCV

A União dos Treinadores de Futebol dos Países Lusófonos irá transmitir, em directo, o Fórum online semanal promovido pelo seu membro Associação de Treinadores de Futebol de Cabo Verde. Este evento decorrerá com recorrência semanal, aos Domingos pelas 16 horas da Praia (18 horas de Portugal), sendo transmitido em direto quer na página do Facebook da ATFCV quer na página de Facebook da UTFPL!

humberto2

UTFP nos MEDIA Cabo Verdianos

Ouçam em baixo as entrevistas do Secretário-Geral da União dos Treinadores de Futebol dos Países Lusófonos, Dr. Sérgio Araújo, e do Presidente da Associação Cabo Verdiana de Treinadores de Futebol, Humberto Bettencourt, em entrevista à Rádio Nacional de Cabo Verde:

macau

UTFPL em contacto com Treinadores de Macau

A UTFPL, no seu âmbito de atuação, encetou contactos com treinadores de futebol da Região Administrativa Especial de Macau, com o intuito de os incentivar a unirem-se e a organizarem-se numa associação de treinadores de futebol.

A recetividade dos treinadores de futebol macaenses foi espantosa, sendo digno de registo o entusiasmo com que acolheram o desafio proposto pela UTFPL.

Encontra-se, assim, a UTFPL em permanente contacto com os treinadores de futebol daquele território asiático, onde o português é língua oficial, auxiliando-os e prestando toda a ajuda necessária.

Esta é uma notícia para ser acompanhada em permanência, aguardando-se novidades para breve”.

web-brasil

UTFPL apoia Seminário online ABTF

“A volta aos Treinos e Jogos Pós Pandemia” é o tema do 1º debate online promovido pelo nosso membro Associação Brasileira de Treinadores de Futebol! O Debate terá como Mediador o Prof. Carlos Alberto Lancetta e participarão os Fisiologistas Altamiro Bottino, Daniel Gonçalves e Gustavo Marques!

Poderá ser visualizado carregando aqui!

alef

UTFPL em fórum de treinadores Latino-Americanos

A UTFPL estará representada pelo seu Secretário-Geral, Dr. Sérgio Araújo, num painel de discussão promovido pela Associação de Treinadores de Futebol Latino-Americanos:

GRANDE ENCONTRO DE PRESIDENTES E LÍDERES DAS ASSOCIAÇÕES NACIONAIS DE TREINADORES DE FUTEBOL DA América Latina
Segundo dia: Sexta-feira 15
“UNIDOS SOMOS MAIS FORTES”
ORGANIZA:
ASCENFUTEBOL COLÔMBIA
MODERADOR:
Luís Nuñez – Presidente ALEF

PANELISTAS DE LUXO PARA TODOS NA América Latina
SEXTA-FEIRA, 15 MAIO
12.00 AM Hora Colômbia / Peru
Senhor, senhor. DT. VICTOR RIVERA
Licença PRO Conmebol – Diretor Técnico Profissional
BI Campeão Nacional do Futebol peruano – ex-Dt Sub 20

12.45 PM Hora Colômbia / Peru
Union de Treinadores de Futebol de Lusofone
UTFPL
Senhor, senhor. SÉGIO ARAUJO – Secretário-Geral

13.30 PM Hora Colômbia / Peru
Associação colombiana de treinadores de futebol ascenfutebol
Senhor, senhor. VICTOR HUGO CASTRILHÃO – Presidente
_________________
TREINADOR LATINO-AMERICANO NÃO PERCA!!!!